terça-feira, março 18, 2008

Sapatos-status

.
Calço meu novo par de sapatos.

Engraxados chocolate,
são um mimo precioso:
guardam o homem que virei
em cada honesto passo.

Levo ele às horas
dos meus passos,
estou satisfeito,
me sinto homem feito e me faço!

Eles andam imponentes, quase me deixam de lado...
Assim mesmo me sinto orgulhoso
e ganho a rua com vigor,
essa rua que me anda devagar nem me nota com meus passos cheios de humor largo...

Para mim, que nunca usei sapatos,
- Agora todo chão é novo!

Me sento, enrolo o tabaco,
e vem o menino-engraxate,
ele também chocolate,
pedindo pra engraxar,
o seu olhar abate
meu bom-humor peculiar...

é noite alta

e
(eu)
sem
graça
digo não:

- Essa ofegante ilusão, eu já vou descalçar......

(Eu existia tão feliz dentro dos meus sapatos, que nem notei o mundo!)

vem o menino me lembrar,
com o olho faminto, que está cansado...
e o pedido é só para despistar
a barriga que tem fome
com a ilusão de ter sapatos
para engraxar...

Olho bem no olho do menino chocolate,
e já que um troco vale um pão:
- Leva a moeda menino,
deixa os sapatos no chão!

3 comentários:

Caito disse...

Eu existia tão feliz dentro dos meus sapatos... muito loco cara! Vamos tomar uma breja nesse findes e discutir ofegantes ilusões?

Abraço!

.hi-fi. disse...

sapatos como asas,
sapatos de camursa azul pra dançar feito elvis,
e sapatos chocolate pra não tirar os pés do chão

Marcos disse...

Vamos marcar um encontro de todo mundo!